Investt

Qualidade do atendimento, segurança nos negócios e agilidade, fizeram da Investt Imóveis uma das empresas mais consultadas do mercado, onde o cliente tem satisfação quando consulta seu website - www.investt.com.br - para comprar, vender, alugar ou permutar seu imóvel.

ADV BANNER

Imóvel novo ou usado: vantagens e desvantagens

ComportamentoNegócios
imovel-pronto-ou-na-planta
31 de outubro de 2016 / By /

O primeiro item a ser analisado se refere à localização. Independente do imóvel ser novo ou usado, esse detalhe é que irá determinar a valorização do bem escolhido.

 

LOCALIZAÇÃO

Imóveis mais antigos geralmente estão em locais com ampla rede de conveniências e com acessibilidade facilitada em contrapartida aos imóveis mais novos que por vezes estão em áreas mais afastadas e com reduzida oferta de serviços e distante dos centros comerciais.

 

PERSONALIZAÇÃO E ADEQUAÇÃO

Um imóvel permite a personalização e adequação dos seus espaços ao gosto do proprietário, que muitas vezes pode fazer esses ajustes ainda na planta. Já um imóvel usado na maioria das vezes precisa de alguma reforma, troca de piso ou revestimento, o que gera custos.

 

VALOR

Imóveis usados em geral possuem um preço mais acessível por área construída, chegando a ser até 30% mais barato que um novo no mesmo padrão. Entretanto um imóvel mais novo costuma ter melhor valor de revenda, pois um apartamento mais atual, geralmente, desperta o interesse de mais pessoas.

Imóveis na planta oferecem flexibilidade no pagamento, o que não se consegue com um imóvel usado.

 

ÁREA DISPONÍVEL

Com o crescimento das cidades, os espaços para a construção foram diminuindo, aumentando os valores dos terrenos. Boa parte dos imóveis novos são projetados para aproveitar ao máximo as áreas, resultando em prédios altos, com muitos apartamentos e espaços mais compactos.

Quando o assunto é unicamente área do apartamento, o imóvel usado sai ganhando, com peças mais amplas. Por exemplo: um apartamento de três dormitórios em um edifício com mais de 15 anos tem aproximadamente 120m², os novos medem, em média, 80 m².

Em contra partida, as áreas de lazer dos imóveis na planta/novos são quase sempre maiores. É preciso identificar a sua prioridade e a área que lhe interessa.

 

MANUTENÇÃO

Prédios e casas com mais de 30 anos podem necessitar de maiores reformas, gerando custos e possíveis incômodos para o morador.

Um imóvel novo, por outro lado, pode ser mais confortável pela falta de problemas de instalação e de estrutura, mas não está livre da necessidade de manutenção, se não for bem projetado.

Se o piso tem mais de 35 anos é muito possível que falte isolamento térmico e que as instalações hidráulicas e elétricas estejam obsoletas.

Um imóvel novo apresenta estrutura elétrica mais adequada, com mais tomadas e uma capacidade de carga elétrica maior do que os antigos, que não foram projetados para suportar a quantidade de equipamentos eletrônicos que costumam ser usados hoje.

Diante de todos esses apontamentos é possível elencar o que é de maior importância para o seu estilo de morar e então fazer a escolha acertada! Para conhecer diversos imóveis em Goiânia e Aparecida de Goiânia, fale com a gente.

Fonte: Habitíssimo.com.br

Você também pode gostar:

criança-reciclagem
Como cuidar do meio ambiente sem sair de casa?
21 de julho de 2017
POST-17-MAIO---TEXTO-BLOG-IMÓVEL-COMPROMETIDO-LEGALMENTE
Cuidado com a venda de imóvel comprometido legalmente
17 de maio de 2017
TEXTO-BLOG-4-MAIO
Motivos para investir em um imóvel em Goiânia
10 de maio de 2017