Alô, vida nova! Sair da casa dos pais pode ser mais simples do que parece, dá para morar sozinho ou com amigo com o mínimo de planejamento. Confere só as dicas.

nbsp;
Como morar sozinho?
Se você está louco para criar uma rotina e um cantinho só seu, mesmo que sua renda ainda não seja tão alta, a hora de colocar esse projeto de vida em prática é agora! Com uma boa dose de organização e planejamento é possível morar sozinho sem se enrolar com as finanças.

Test-drive sem sair de casa
Tão importante quanto uma boa organização financeira é garantir que você vai mesmo segurar a barra que é a responsabidade de cuidar de uma casa. Tente imitar hábitos da rotina de morar sozinho enquanto ainda estiver na casa de seus pais. Durante três meses lave suas roupas, pague as contas e experimente resolver qualquer contratempo doméstico como contatar um encanador, por exemplo.

nbsp;
Tustão por tustão
Para ter uma ideia da viabidade de morar sozinho, você precisará calcar direitinho a quantia necessária para se sustentar. A melhor maneira de fazer isso é perguntar a amigos quanto eles gastam com o essencial na casa – aluguel, condomínio, luz, água, gás e internet – e projetar outros gastos, do supermercado à saída no fim de semana.

Não esqueça que imprevistos acontecem e nesses casos é importante ter uma reserva de dinheiro para contratar os serviços necessários para deixar sua casa nos conformes.

nbsp;
Se for dividir, defina bem as regras
Se a ideia é morar sozinho, mas nem tanto, é importante dar atenção às regras e obrigações. Seja para morar com o amigo, namorado ou mesmo um desconhecido, defina bem as regras previamente, isso vale para tudo: contas, comida na geladeira, hospedagem de amigos e mpeza da casa.

A verdade é que não dá para manter o padrão de vida que você tinha no conforto da casa dos pais quando for morar  sozinho, e lembre que seus pais batalharam muito para adquirir o que tem, por isso é quase certo que você demore para conseguir o mesmo.

Fonte: Exame