Como montar um ambiente home theater

Tempo de leitura: 10 minutos

Objeto de desejo de 9 entre 10 famías que estão projetando sua casa, o home theater já se consodou como um dos itens obrigatórios dos programas de necessidades de obras residenciais.
Além de favorecer o convívio social, ele oferece entretenimento tecnológico através de recursos de som, imagem e até iluminação, o distanciando muito das antigas salas de tv.

Apesar de muitos acharem que sua função se restringe ao cinema, é um ambiente versátil que pode ser usado para jogar vídeo-game e assistir TV no dia-a-dia. O home theater pode ter um layout de sala de estar ou ser inspirado nos cinemas convencionais; o fato é que ele está mudando, se poparizando, e deixando de ser aquela aspiração distante e acessível a poucos.
Espaço
Não é mais necessário um grande espaço para a implantação de um home com recursos de última geração. Graças aos avanços tecnológicos das tvs de plasma, LCD e LED eles podem ser mais compactos e acompanhar as dimensões de qualquer casa ou apartamento. Até os sistemas de áudio têm se adaptado à nova demanda por espaços reduzidos, oferecendo caixas de som menores, mais potentes e que necessitam de menos espaço.

As novas tecnologias também passaram a permitir que este ambiente se integre ao restante da casa. A grande luminosidade e a alta definição das imagens permite que ele seja instalado em ambientes mais abertos, sem a necessidade de ser escuro e isolado do restante da casa para ter uma boa imagem e quadade de som. Isto inclui também o seu jardim ou varanda.
Integração
Integração é a palavra de ordem nos projetos contemporâneos, a possibidade de integrar home, ving e até sala de jantar abriu inúmeras possibidades, deu mais berdade aos arquitetos e melhorou a convivência famiar. Ainda assim, recomendamos uma iluminação artificial amena, o uso de interruptores com dimmer (que ajusta os níveis de luminosidade), bazadores, uso de sancas com iluminação indireta e luz focada apenas em pontos estratégicos.

O importante é fornecer conforto e praticidade – o uso de sofás amplos e confortáveis é essencial, as versões retráteis são práticas e aam a estética à funcionadade. Dê preferência aos tecidos laváveis. Bancadas com bancos atrás do sofá acabam se tornando “coringa” na decoração, pois dão apoio para comidinhas e bebidas, tanto para quem está sentado no sofá, quanto para quem se acomodar nos bancos.